Coluna "Política à Flor da Pele"

Daniele Barreto

Publicada em 01/05/2013 às 21:35:00

contato@danielebarreto.com.br

* Brasil não vê os moradores de rua assassinados em Goiânia
Acho muito justa a onda de manifestações a favor e contra a união homoafetiva. Acredito que seja qual for a opinião de cada um, o importante é que não permitamos que qualquer assunto se torne tabu e deixe de ser discutido e debatido de forma livre e respeitosa.

Agora, eu pergunto: onde estavam essas pessoas que – seja qual foi o lado – defendem o AMOR e não se manifestam quando 30 pessoas são brutalmente assassinadas por serem moradores de rua em Goiânia? Cadê os artistas? Cadê os selinhos hétero e homo? Cadê os pseudo intelectuais? Cadê as igrejas? Cadê os deputados evangélicos, católicos, ateus, espíritas? Cadê os defensores do amor ao próximo?

Nos últimos meses, dezenas de adultos e uma criança foram assassinados e não tiveram no Jornal Nacional o destaque do casamento de uma cantora. Repito: uma criança que por morar na rua foi es-pan-ca-da até a morte!!! A mídia mal noticiou… ninguém viu! Ninguém reagiu! Ninguém enxergou!

Crimes bárbaros em um Brasil que não se enxerga e que realiza manifestações de acordo com conveniências de determinadas classes e instados pela grande mídia.

Enquanto isso, o país só vê em sua frente Joelmas, Felicianos, Jeans Willys e Danielas – que, ao que parece, são merecedores de todas as mais acaloradas defesas ( feitas, na maioria das vezes, por gente que se identifica com uns ou com outros – escolha baseada em critérios pessoais).

E quem se identifica com os moradores de rua mortos? E quem admira crianças que vivem entregues à própria sorte (drogas, sexo e exploração) e que, num minuto de descuido, quando se permitem o luxo de DORMIR, morrem assassinadas?

É um Brasil que ninguém se identifica, porque não tem identidade: uma religião específica, uma profissão específica, uma sexualidade específica (homo ou hetero)! Isso por que, na nossa sociedade, para ser um IGUAL, vc tem que que ter um grupo – de preferência, bem representado no Congresso Nacional ou no meio artístico. Caso contrário vc estará sozinho, entregue a sua solitária força.

E se você estiver nessa situação, os 30 seres humanos sem identidade assassinados deixam-no uma lição: NÃO DURMA!

* Projetos de Lei que valem à pena E se a falta de propósito coletivo norteia parcela significativa dos Projetos de Lei pelos quatro cantos do país, é importante também citar que há uma boa quantidade de iniciativas louváveis. E essas me guiaram na ideia de, toda semana, eleger um desses projetos e escrever um post no blog, contando do que se trata e divulgando para que possamos ficar por dentro também de iniciativas que colaboram para um arcabouço legislativo mais adequado aos anseios do povo. Portanto, aproveito o espaço da coluna para divulgar o "Projeto de Lei da Semana", e convidar a todos que acompanhem. Os posts serão sempre às quartas-feiras.

Essa semana, trouxe um projeto do deputado federal de São Paulo , Roberto Freire (PPS) que propõe vedar a decretação do segredo de justiça em ações instauradas em decorrência de ato ou omissão de agente público em função de seu cargo. Leia mais no link: http://danielebarreto.com.br/2013/05/01/projeto-de-lei-da-semana-fim-do-segredo-de-justica-em-acoes-envolvendo-agentes-publicos/