28/12/2016 - 12h34min - Atualizado em 28/12/2016 - 12h34min

Com liberação de preços, cada lojista pode decidir se concede desconto à vista

Quem pagar à vista pode receber desconto, mas a decisão vai ser de cada lojista.

 

Brasília

Andreia Verdélio* – Repórter da Agência Brasil

 

Com a liberação para cobrar preços diferentes de acordo com a forma de pagamento, conceder desconto quem comprar à vista vai depender de cada lojista e da necessidade financeira do seu comércio. A afirmação é do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas do Distrito Federal, Álvaro Silveira Júnior, ao comentar a Medida Provisória (MP) 764, publicada ontem (27) no Diário Oficial da União, que autoriza a diferenciação de preços. 

Dinheiro

Quem pagar à vista pode receber desconto, mas a decisão vai ser de cada lojistaMarcello Casal/Agência Brasil

Para Silveira, essa possibilidade é um benefício para o consumidor e vai dar a liberdade de poder pagar mais barato sem arcar com as taxas de cartão de crédito, que giram em torno de 5% . Segundo ele, os lojistas já estabeleciam preços que comportavam essa margem. “Quem pagava à vista não tinha nenhum benefício”, disse. “Agora vai ter dois preços: à vista e para quem pagar à prazo”.

A MP, entretanto, não obriga os lojistas a concederem o desconto e, segundo Silveira, os valores vão depender de cada lojista. Caso ele precise de fluxo de caixa, por exemplo, pode conceder mais descontos à vista; mas também há aqueles segmentos que são mais sensíveis, como farmácias e postos de combustíveis, que já têm uma margem pequena de lucro.

Apesar de proibido pela regulamentação anterior, o desconto nos pagamentos à vista ou em dinheiro em espécie já vinha sendo praticado no comércio varejista, que tem liberdade de preços, e segundo declarações do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a MP publicada ontem vem somente “regular” tal prática. O objetivo da medida é estimular a competição entre os diversos meios de pagamento e reduzir os juros do cartão de crédito.

Para a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços, a MP oferece mais uma opção de pagamento ao consumidor, que definirá a melhor escolha de acordo com suas necessidades. “A Abecs acredita que o meio eletrônico de pagamento continua sendo a melhor opção, pois gera mais conveniência, praticidade e segurança para o consumidor e também para o comerciante, que elimina os custos com inadimplência e manuseio de dinheiro e cheque”, informou, em nota.

Segundo Silveira, a segurança é uma preocupação, mas os lojistas já usam meios para evitar prejuízo com assaltos, como fazer depósitos frequentes do dinheiro em caixa.

Para a Proteste, entidade de defesa do consumidor, a medida de diferenciação de preços é “abusiva”. “Ao aderir a um cartão de crédito, o consumidor já paga anuidade ou tem custos com outras tarifas e paga juros quando entra no rotativo. Por isso, não tem por que pagar mais para utilizá-lo”, informou, em nota. A associação recomenda ao consumidor que não adquira bens e serviços em empresas que adotarem a prática.

Um dos principais temores é que se torne comum embutir os custos do cartão já no preço anunciado dos produtos. Dessa maneira, ao conceder o desconto à vista, o comerciante estaria na verdade cobrando o que seria o preço normal.

A medida faz parte de um pacote de medidas microeconômicas anunciadas pelo governo na semana passada para estimular a economia, que passa por um período de forte recessão.

*Colaborou Felipe Pontes

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 15:02:00

Flagrado roubando, servidor responderá na justiça e deverá ser demitido

Determinação do prefeito dr Hildon é de intolerância com atos de corrupção, roubo e danos ao patrimônio

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 11:24:00

Mulheres que morreram junto com ministro do STF são de cidade a 240 km de Vilhena 

Mãe e filha teriam ganhado viagem de presente para Paraty.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 11:19:00

Prédio do Relógio passa por manutenção

O prédio é de 1951 e fica no centro histórico da Capital; é sede administrativa da Setur.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 11:10:00

Ramal do Maravilha deve ser interditado pela Defesa Civil

Desde dezembro, vários desmoronamentos vem ocorrendo ao longo da estrada.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:55:00

IFRO divulga data de convocação para reunião de manifestação de interesse em vagas remanescentes do PSU 2017/1

Será publicada na sexta-feira (20 de janeiro), após as 14h no site do IFRO.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:41:00

Jesuíno Boabaid recebe denúncias de precariedade no 5º BPM

​Policiais reclamam das péssimas condições dos banheiros da instituição.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:26:00

Quero um emprego!

Por Professor Nazareno

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:21:00

​Tá igual cego em tiroteio

Gessi Taborda 

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:07:00

Irmãos ficam lesionados após golpes de facão durante desentendimento com vizinho na Zona Leste de Porto Velho

Os policiais mantiveram contato com o agressor, que saiu de sua residência e confessou o que fez.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:06:00

Mãe e filha estavam em avião de empresário que caiu em Paraty

A mãe era professora de educação infantil e veio de Juína, no Mato Grosso, para visitar a filha em São Paulo. Carlos Alberto, segundo a nota do grupo Emiliano, as convidou para o fim de semana em Paraty

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:43:00

Homem é preso acusado de realizar vários furtos em lojas no Porto Velho Shopping

De acordo com com informações que constam no boletim de ocorrência, o suspeito havia feito vários furtos de relógios e óculos, e quando deixou a loja, funcionários o observaram pelas câmeras de segurança.

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:46:00

Policiais civis aposentados poderão atuar na Força Nacional de Segurança

Ainda segundo o edital, a colaboração voluntária poderá ser individual ou em grupo, em ambiente fechado ou aberto, a pé ou com emprego de viaturas, nos períodos diurno, noturno ou em revezamento de turnos e sempre sob supervisão permanente.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:44:00

Correios vão operar na área de telefonia móvel

No primeiro ano de operação, a empresa vai oferecer somente planos pré-pagos, chips e recargas, mas estuda a viabilidade da oferta de planos pós-pagos a partir de 2018.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:42:00

Filho de Teori Zavascki descarta, no momento, sabotagem em acidente aéreo

Em conversa por telefone com a Agência Brasil, o advogado contou que ficou sabendo da tragédia por meio do grupo da família no aplicativo de mensagens WhatsApp.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:40:00

Cármen Lúcia diz que ainda não analisou como ficará andamento da Lava Jato

Com a morte de um ministro, o Artigo 38 do Regimento Interno do Supremo prevê que os processos deverão ser herdados pelo juiz que ocupar a vaga.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2016 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com