12/12/2016 - 10h13min - Atualizado em 12/12/2016 - 10h13min

Mauro Nazif soube das pressões sofridas por servidor para aprovar investimento de R$ 80 milhões em “fundos podres”, mas tentou por panos quentes

Segundo depoimento na PF, em troca de investimento de R$ 80 milhões em fundos podres, empresa acusada de fraudes iria investir na campanha de reeleição de Mauro Nazif.

Da reportagem do Tudorondonia

O prefeito de Porto Velho, Mauro Nazif (PSB), soube com antecedência das pressões que o servidor municipal  Rodrigo Ferreira Soares vinha sofrendo por parte do presidente do IPAM, José Carlos Couri, para aprovar investimentos de mais de R$ 80 milhões em fundos podres oferecidos pela empresa Planner, representada em Rondônia pelo empresário Aires Amaral. Em troca desses investimentos, a empresa financiaria a campanha de Mauro.

Segundo depoimento prestado na Polícia Federal, ao saber das pressões, a providência adotada pelo prefeito foi tentar por “panos quentes” e apaziguar os ânimos entre Carlos Couri e Rodrigo, auditor fiscal do município que até junho deste ano foi coordenador –administrativo financeiro do Instituto de Previdência de Porto Velho.

Na condição de coordenador, ele tinha assento no Comitê de Investimentos e era o responsável pela análise e gestão dos recursos previdenciários, bem como pelas aplicações do Instituto. O fato de recusar a aprovar o investimento acabou provocando sua exoneração, mas antes ele teve uma reunião com o prefeito, que tentou acertar as coisas entre o servidor e o presidente do IPAM.

O esquema para fraudar o IPAM, segundo declarações de Rodrigo à Polícia Federal, foi montado por Gilson Nazif, irmão do prefeito Mauro Nazif e então secretário municipal de Obras.

No começo do mês de janeiro deste ano, José Carlos Couri, presidente do IPAM, o chamou em sua sala e lhe disse que Gilson Nazif teria lhe procurado e dito que seria necessário que fossem investidos recursos da ordem de R$ 80 milhões num fundo de investimento da empresa Planner, tendo em vista a necessidade de angariar recursos financeiros para a campanha de reeleição do prefeito Mauro Nazif .

Rodrigo prestou depoimento à Polícia Federal e disse que:

“… tão logo fosse feito o investimento, a Planner ajudaria com recursos financeiros na campanha; que o declarante de pronto respondeu que o Comitê não poderia fazer esse investimento porque na política  de investimento do IPAM estão vedados quaisquer investimentos em instituições não oficiais. Que o declarante alertou a José Carlos Couri ter ouvido falar que a empresa Planner era suspeita do cometimento de fraudes envolvendo fundos de investimento”.

APAZIGUOU OS ÂNIMOS

Ao saber da briga entre o presidente do IPAM e o servidor, o prefeito Mauro Nazif tentou apaziguar os ânimos e mandou ambos trabalharem, mas as pressões continuaram nos meses de março até junho, quando Rodrigo  foi exonerado. 

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 15:02:00

Flagrado roubando, servidor responderá na justiça e deverá ser demitido

Determinação do prefeito dr Hildon é de intolerância com atos de corrupção, roubo e danos ao patrimônio

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 11:24:00

Mulheres que morreram junto com ministro do STF são de cidade a 240 km de Vilhena 

Mãe e filha teriam ganhado viagem de presente para Paraty.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 11:19:00

Prédio do Relógio passa por manutenção

O prédio é de 1951 e fica no centro histórico da Capital; é sede administrativa da Setur.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 11:10:00

Ramal do Maravilha deve ser interditado pela Defesa Civil

Desde dezembro, vários desmoronamentos vem ocorrendo ao longo da estrada.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:55:00

IFRO divulga data de convocação para reunião de manifestação de interesse em vagas remanescentes do PSU 2017/1

Será publicada na sexta-feira (20 de janeiro), após as 14h no site do IFRO.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:41:00

Jesuíno Boabaid recebe denúncias de precariedade no 5º BPM

​Policiais reclamam das péssimas condições dos banheiros da instituição.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:26:00

Quero um emprego!

Por Professor Nazareno

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:21:00

​Tá igual cego em tiroteio

Gessi Taborda 

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:07:00

Irmãos ficam lesionados após golpes de facão durante desentendimento com vizinho na Zona Leste de Porto Velho

Os policiais mantiveram contato com o agressor, que saiu de sua residência e confessou o que fez.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:06:00

Mãe e filha estavam em avião de empresário que caiu em Paraty

A mãe era professora de educação infantil e veio de Juína, no Mato Grosso, para visitar a filha em São Paulo. Carlos Alberto, segundo a nota do grupo Emiliano, as convidou para o fim de semana em Paraty

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:43:00

Homem é preso acusado de realizar vários furtos em lojas no Porto Velho Shopping

De acordo com com informações que constam no boletim de ocorrência, o suspeito havia feito vários furtos de relógios e óculos, e quando deixou a loja, funcionários o observaram pelas câmeras de segurança.

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:46:00

Policiais civis aposentados poderão atuar na Força Nacional de Segurança

Ainda segundo o edital, a colaboração voluntária poderá ser individual ou em grupo, em ambiente fechado ou aberto, a pé ou com emprego de viaturas, nos períodos diurno, noturno ou em revezamento de turnos e sempre sob supervisão permanente.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:44:00

Correios vão operar na área de telefonia móvel

No primeiro ano de operação, a empresa vai oferecer somente planos pré-pagos, chips e recargas, mas estuda a viabilidade da oferta de planos pós-pagos a partir de 2018.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:42:00

Filho de Teori Zavascki descarta, no momento, sabotagem em acidente aéreo

Em conversa por telefone com a Agência Brasil, o advogado contou que ficou sabendo da tragédia por meio do grupo da família no aplicativo de mensagens WhatsApp.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:40:00

Cármen Lúcia diz que ainda não analisou como ficará andamento da Lava Jato

Com a morte de um ministro, o Artigo 38 do Regimento Interno do Supremo prevê que os processos deverão ser herdados pelo juiz que ocupar a vaga.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2016 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com