31/12/2016 - 09h32min - Atualizado em 31/12/2016 - 09h32min

Primeira Seção julgará repetitivo sobre existência de dano moral por falhas de telefonia fixa

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ratificou a determinação de afetação do REsp 1525174 para julgamento sob o rito dos recursos repetitivos.

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) ratificou a determinação de afetação do REsp 1525174 para julgamento sob o rito dos recursos repetitivos. Com a apreciação do recurso, cadastrado como tema 954, serão definidas teses sobre a existência de dano no caso da cobrança de valores referentes à alteração de planos de franquia ou de serviços nos contratos de telefonia fixa, quando as alterações não tenham sido solicitadas ou autorizadas pelo usuário. 

Definida a existência do dano, o colegiado também analisará se deve ser aplicado o reconhecimento presumido (in re ipsa) ou se é necessária a comprovação do prejuízo no processo.

A afetação tinha sido inicialmente determinada pelo ministro Luis Felipe Salomão para exame do recurso pela Segunda Seção. Todavia, no julgamento do CC 138405, a Corte Especial reconheceu a competência da Primeira Seção para a análise de matérias relativas ao tema e, dessa forma, o REsp 1525174 foi redistribuído para o colegiado de direito público. O processo tem agora como relatora a ministra Assusete Magalhães.

A nova decisão de afetação ratifica a suspensão, em todo o território nacional, de processos com temas análogos àqueles que serão julgados pela seção. Atualmente, de acordo com o sistema de recursos repetitivos do STJ, pelo menos 21 mil ações aguardam a definição das teses pelo tribunal.

Prazo de prescrição

No mesmo julgamento, outras teses importantes serão definidas, como o prazo de prescrição em caso de pretensão de cobrança dos valores supostamente pagos a mais ou daqueles indevidamente cobrados (se de dez anos, conforme artigo 205 do Código Civil, ou de três anos, consoante artigo 206 da mesma legislação).

O colegiado também deve decidir se a repetição de indébito (direito à devolução de quantia paga indevidamente) deve ocorrer de forma simples ou em dobro. Caso seja em dobro, definirá se é necessária a comprovação da má-fé do credor ou da sua culpa.

Sobre o mesmo tema, a seção julgará a abrangência dos valores discutidos na repetição — se limitados aos pagamentos comprovados pelo autor na fase de instrução do processo (quando ocorre, por exemplo, a coleta de provas) ou se incluída a quantia a ser apurada na fase de liquidação da sentença. 

Recursos repetitivos

O novo Código de Processo Civil (CPC/2015) regula no artigo 1.036 o julgamento por amostragem, mediante a seleção de recursos especiais que tenham controvérsias idênticas. Ao afetar um processo, ou seja, encaminhá-lo para julgamento sob o rito dos recursos repetitivos, os ministros facilitam a solução de demandas que se repetem nos tribunais brasileiros.

A possibilidade de aplicar o mesmo entendimento jurídico a diversos processos gera economia de tempo e segurança jurídica.

No site do STJ é possível acessar todos os temas afetados, bem como saber a abrangência das decisões de sobrestamento e as teses jurídicas firmadas nos julgamentos, entre outras informações.

Esta notícia refere-se ao(s) processo(s):REsp 1525174

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 17:02:00

STJ anula pena de usuário de droga condenado a sete anos de prisão

A discussão sobre a descriminalização do porte de drogas deve ter fim somente após decisão definitiva de outra Corte, o Supremo Tribunal Federal (STF).

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 16:56:00

Decretado luto oficial no Judiciário

Sendo assim, as bandeiras, durante esse período, serão hasteadas a meio mastro nas unidades do Judiciário de Rondônia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:14:00

OAB/RO aprova criação da Comissão de Defesa e Proteção de Animais

Um dos motivos alegados para a criação é a questão que envolve maus tratos aos animais, seres que gozam de sentimentos cientificamente comprovados.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:12:00

Semana da ESA: programação conta com uma palestra em Porto Velho e três no interior

Em Porto Velho, os advogados poderão assistir à palestra “As Novidades da Lei 3.896/2016 (A Nova Lei de Custas de Rondônia)”, ministrada pelos especialistas Vinicius Lemos e Guilherme Pignaneli.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:06:00

Plataforma BID disponibiliza acesso a acervo jurídico para advogados de Rondônia

Segundo o presidente da OAB/RO, Andrey Cavalcante, oferecer benefícios e gerar conhecimento aos advogados são prioridades da gestão.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:01:00

Transexual pode remover barba pelo SUS, diz decisão premiada

Com base em pareceres médicos, um transexual garantiu, na Justiça, o direito de realizar depilação a laser de pelos da face na rede pública de saúde.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 12:57:00

Sentença que pune policiais por tortura ganha prêmio de direitos humanos do CNJ

O concurso premiou sentenças que protegeram os direitos de vários segmentos da população, como crianças, imigrantes e refugiados, entre outros.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 12:42:00

CNJ Serviço: como são enquadrados os diferentes crimes de homicídios

O Brasil ocupa atualmente o primeiro lugar no ranking mundial de homicídios, com o registro de mais de 59 mil assassinatos em 2014.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 12:29:00

Mais de 200 pessoas participam do Simpósio sobre Cidadania e Diversidade Sexual em Ariquemes

O evento teve como objetivo promover um amplo debate com a sociedade, visando combater a violência decorrente de preconceito/discriminação.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 08:37:00

OAB/RO lamenta morte do desembargador aposentado Cassio Sbarzi Guedes

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Rondônia (OAB/RO) manifesta seu luto e pesar pela morte do desembargador aposentado do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJRO) Cássio Sbarzi Guedes.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2016 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com