25/08/2016 - 00h34min - Atualizado em 25/08/2016 - 00h34min

Senado aprova MP que prorroga Mais Médicos por três anos

Segundo a lei que criou o Mais Médicos (Lei 12.871/13), o contrato de trabalho dos profissionais selecionados dura três anos. Nesse período, o médico recebe um salário chamado de “bolsa-formação”.

 

Ana Volpe/Agência Senado

 

O Plenário do Senado aprovou, nesta quarta-feira (24), a Medida Provisória 723/2016, que prorroga, por três anos, o prazo de atuação dos médicos do Programa Mais Médicos contratados por meio de intercâmbio. A proposta beneficia profissionais brasileiros formados no exterior e estrangeiros que trabalham no programa sem diploma revalidado no país. A matéria foi aprovada na forma do Projeto de Lei de Conversão 16/2016 e segue para sanção presidencial.

A MP, editada pela presidente afastada, Dilma Rousseff, também prorroga por igual período o visto temporário concedido aos médicos intercambistas estrangeiros inscritos no programa do governo federal. De acordo com o Ministério da Saúde, a medida permitirá que 7 mil profissionais permaneçam no país. Os prazos acabariam em outubro de 2016.

Segundo a lei que criou o Mais Médicos (Lei 12.871/13), o contrato de trabalho dos profissionais selecionados dura três anos. Nesse período, o médico recebe um salário chamado de “bolsa-formação”.

O senador Ronaldo Caiado (DEM-GO) considera um absurdo que os médicos estrangeiros que venham para o Brasil não sejam reavaliados. Caiado afirmou que a exigência de uma revalidação do diploma é um respeito aos cidadãos e aos pacientes que, segundo ele, necessitam qualificação na área da saúde.

Já o senador Humberto Costa (PT-PE) ressaltou que os profissionais que participam do programa são bem formados, fiscalizados pelo Ministério da Saúde e acompanhados por tutores vinculados a Universidades. De acordo com o senador, o projeto tem enorme alcance social e é aprovado por 90% dos usuários do Sistema Único de Saúde.

- Esse programa hoje é parte fundamental da vida de milhões e milhões de brasileiros – disse.

Carência

De acordo com o governo, na época da criação do Mais Médicos foi feito um diagnóstico da escassez desses profissionais no país e ele indicava que as áreas e as populações mais pobres e vulneráveis eram as que contavam com menos médicos proporcionalmente.

O programa conta atualmente com cerca de 13 mil médicos estrangeiros devido à baixa procura pelos profissionais formados no Brasil.

A lei que criou o programa prevê a necessidade de exame de revalidação do diploma para o médico estrangeiro poder atuar no Brasil fora do programa e a prorrogação da autorização para exercer medicina no âmbito do Mais Médicos evitará que o profissional deixe o programa para atuar em regiões onde há menos carência se ele optar pelo exame de revalidação do diploma.

Reivindicação

O governo afirmou que a prorrogação do prazo de atuação dos médicos foi pedida Frente Nacional de Prefeitos , pela Associação Brasileira de Municípios e pelo Conselho Nacional de Saúde, que estariam preocupados com a descontinuidade dos serviços prestados pelos médicos intercambistas.

Criado em 2013, o Mais Médicos conta com 18.240 médicos, que atuam em 4.058 municípios e 34 postos de saúde voltados para a população indígena, nos Distritos Sanitários Especiais Indígenas. O governo afirma que os profissionais prestam assistência para cerca de 63 milhões de pessoas.

Com informações da Câmara dos Deputados

Agência Senado

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 20/02/2017 ás 17:57:00

MP obtém prisão preventiva de suspeito de lotear e vender áreas de terra da reserva extrativista Angelim

Essas pessoas relataram aos policiais que compraram o lote do suspeito, ou foram incentivados a invadir a Unidade de Conservação, pagando taxas mensais, objetivando desmatar toda a Reserva e assim conseguir que o Estado desafetasse a área.

GERAL | matéria escrita em 20/02/2017 ás 17:52:00

Servidores municipais de Porto Velho decidem nesta terça-feira se mantém a greve iniciada nesta segunda

Durante a reunião o chefe de gabinete reforçou a proposta aceita pela prefeitura de suspender os efeitos da lei por 90 dias, tempo que será dedicado à elaboração dos cálculos precisos do impacto do quinquênio.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 17:02:00

STJ anula pena de usuário de droga condenado a sete anos de prisão

A discussão sobre a descriminalização do porte de drogas deve ter fim somente após decisão definitiva de outra Corte, o Supremo Tribunal Federal (STF).

GERAL | matéria escrita em 20/02/2017 ás 16:58:00

MPF denuncia donos da Telexfree por sonegação de quase R$ 90 milhões

O trio também foi denunciado por crimes contra a economia popular – praticados por meio da implementação de um esquema semelhante à pirâmide financeira (Artigo 2 da Lei 1.521/51) – e por negociar valores mobiliários ...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 16:56:00

Decretado luto oficial no Judiciário

Sendo assim, as bandeiras, durante esse período, serão hasteadas a meio mastro nas unidades do Judiciário de Rondônia.

POLíTICA | matéria escrita em 20/02/2017 ás 16:49:00

Servidor que aderir ao movimento terá dias paralisados descontados

Para dr Hildon Chaves, com pagamento em dia e negociações em andamento, greve não se justifica.

POLíTICA | matéria escrita em 20/02/2017 ás 16:42:00

STF julgará denúncia contra Valdir Raupp em março

Senador é acusado pela Procuradoria-Geral de República de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Lava Jato.

GERAL | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:51:00

MPF/RO e OAB processam Universidade Federal e União por falta de intérpretes de Libras

Maioria dos universitários surdos da Unir não tem assistência de tradutores e intérpretes durante aulas e provas.

GERAL | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:40:00

17ª Brigada de Infantaria de Selva coordena operação de garantia da Lei e da Ordem na Unidade Prisional \"URSO BRANCO\"

A ação será desencadeada mediante revistas utilizando detectores de minas e outros equipamentos de detecção e tem por objetivo proporcionar maior segurança para as pessoas da sociedade rondoniense.

GERAL | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:30:00

Governador convoca famílias a se envolverem mais no processo educacional das crianças para o fim da violência

Para o governador, somente a união entre as famílias, os organismos sociais, as escolas e os governos é possível mudar o atual cenário.

GERAL | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:24:00

Pirarucu, o anarquismo caboclo

Sem cordão de isolamento, sem Polícia nem milícia, porém com muita bagunca e malícia e autêntica alegria correndo nas veias, o Anarquismo Caboclo reinou soberano por entre as ruas...

POLíTICA | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:21:00

Porto Velho adere a sofisticado programa de combate à corrupção

​Programa permite prevenir, monitorar e detectar eventuais tentativas de fraudes e procedimentos suspeitos.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:14:00

OAB/RO aprova criação da Comissão de Defesa e Proteção de Animais

Um dos motivos alegados para a criação é a questão que envolve maus tratos aos animais, seres que gozam de sentimentos cientificamente comprovados.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:12:00

Semana da ESA: programação conta com uma palestra em Porto Velho e três no interior

Em Porto Velho, os advogados poderão assistir à palestra “As Novidades da Lei 3.896/2016 (A Nova Lei de Custas de Rondônia)”, ministrada pelos especialistas Vinicius Lemos e Guilherme Pignaneli.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/02/2017 ás 13:06:00

Plataforma BID disponibiliza acesso a acervo jurídico para advogados de Rondônia

Segundo o presidente da OAB/RO, Andrey Cavalcante, oferecer benefícios e gerar conhecimento aos advogados são prioridades da gestão.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2016 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com