25/05/2016 - 09h59min - Atualizado em 25/05/2016 - 09h59min

Comissão de Prerrogativas da OAB/RO consegue devolução de prazo para advogada grávida

Comissão de Prerrogativas da OAB/RO consegue devolução de prazo para advogada grávida...

A Seccional Rondônia da Ordem dos advogados do Brasil (OAB/RO) conseguiu a devolução do prazo processual a uma advogada grávida, de Ouro Preto do Oeste. A vice-presidente da OAB/RO e presidente da Comissão de Defesa das Prerrogativas (CDP), Maracélia Oliveira, determinou, na última quarta-feira (18), que a Procuradoria Jurídica da OAB/RO ingressasse como assistente em processo patrocinado pela profissional, requerendo suspensão de prazo, devido a problemas de saúde. Nessa segunda (23), a Justiça atendeu o pedido da OAB/RO.

Segundo Maracélia, a advogada, em estado frágil de gravidez e com risco de parto prematuro, assim comprovado com atestado médico, solicitou a suspensão de prazo para apresentação de contrarrazões num processo até o comprovado restabelecimento da saúde.

A magistrada de Ouro Preto, contudo, indeferiu o pedido sob o argumento de que o atestado era de 15 dias e que seria possível à advogada substabelecer os poderes a outro colega. A advogada juntou novos documentos e requereu reconsideração, sem sucesso.

O pedido da advogada foi formulado na Seccional pela presidente da Comissão de Prerrogativas na Subseção de Ouro Preto do Oeste, Claudia Fidelis, diante da impossibilidade de a própria causídica confeccionar a petição dada a fragilidade da gravidez.

O procurador jurídico da OAB/RO, Moacyr Pontes Netto, peticionou a assistência na manhã da quinta-feira (19), com o apoio da CDP da Subseção. Além disso, impetrou Mandado de Segurança em razão da urgência da matéria.

Durante o Colégio de Presidentes ocorrido em Ouro Preto do Oeste, na última quinta-feira (19), o secretário-geral adjunto da OAB/RO, Eurico Montenegro Neto, juntamente com a conselheira federal Veralice Veris, o presidente da Subseção de Ouro Preto, Herbert Rocha, e o conselheiro seccional Marcos Zani reiteraram o pedido à magistrada.

Na última segunda-feira (23), o juiz titular da Vara onde tramita o processo concedeu o pedido de devolução do prazo para a advogada.

Além das medidas judiciais, a presidente da CDP, Maracélia Oliveira, distribuiu o pedido para análise de eventual violação da prerrogativa da advogada. “Comunicamos o fato também à presidente da Comissão da Mulher Advogada, Renata Fabris, pelo interesse da matéria, eis que estabelecer tratamento diferenciado às advogadas grávidas e lactantes, para que não sejam preteridas, tem sido uma bandeira nacional do sistema OAB”, pontua.

A presidente da Comissão das Mulheres Advogadas, Renata Fabris, ressalta que o grupo está trabalhando junto aos tribunais de Rondônia para que alterem os seus regimentos interno, a fim de darem prioridade de atendimento às advogadas que estejam grávidas ou amamentando, além da suspensão dos prazos que estejam em andamento durante a semana do parto.

“A juíza violou diretamente as prerrogativas não apenas da advogada, mas de tantas outras em situação análoga (de gravidez e parto iminente), que se veem coagidas a abandonar suas causas e seus clientes face à intransigência injustificada de determinados julgadores”, pontua Renata Fabris.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:36:00

Professor acusado de pedofilia tem liminar negada

Um professor de informática acusado de prática de pedofilia contra aluno de 13 anos deve continuar preso preventivamente.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:34:00

Valor do DPVAT será descontado de indenização a idosa que se acidentou em ônibus

O juiz de primeira instância julgou improcedente o pedido de indenização.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:32:00

Defensor público só pode ser designado após esgotamento de tentativas de localizar acusado

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, deferiu pedido de liminar para determinar a realização de diligências para localizar uma mulher acusada de cometer crimes de injúria e difamação.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:31:00

Furto de celular em hospital não gera dano moral

O furto de aparelho celular do paciente no interior do hospital onde estava internado não é suficiente para gerar dano moral.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2017 ás 11:25:00

Presidente do TJRO apresenta relatório de atividades da presidência no ano de 2016

A maioria das propostas do Plano de Gestão do Biênio 2016-2017 foi cumprida e as demais estão em andamento.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 24/01/2017 ás 10:45:00

Justiça Federal atende OAB e determina aplicação correta de recursos dos fundos de telecomunicações

O processo contra a União e a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) foi apresentado por provocação do presidente nacional da Ordem, Claudio Lamachia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/01/2017 ás 15:34:00

Santo Antônio Energia deve pagar auxílio às famílias do assentamento Joana D\

Recomendação do MPF/RO e MP/RO aponta que a proliferação do mosquito Mansonia tem prejudicado a saúde, o trabalho, o lazer e a qualidade de vida dos moradores do Joana D'Arc I, II e III.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/01/2017 ás 15:33:00

MPF/RO consegue sentença favorável em ação contra Unir

Universidade terá que cumprir medidas que garantam a imparcialidade na correção das provas .

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/01/2017 ás 12:20:00

Justiça Rápida faz triagens em Itapuã e Triunfo no mês de fevereiro

De 21 a 24 de fevereiro, a população da região de Itapuã do Oeste e do distrito de Triunfo, em Candeias do Jamari...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/01/2017 ás 12:16:00

Comissão Permanente avalia documentos do Poder Judiciário de Rondônia

O Poder Judiciário de Rondônia iniciou a implementação da política de gestão documental.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2016 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com