17/01/2014 - 00h29min - Atualizado em 17/01/2014 - 00h29min

Governo avança nas negociações da transposição em Brasília

Até hoje, dos quase 10.000 funcionários contratados até 1981, quando Rondônia ainda era Território Federal, 9.500 já estão aptos a serem inseridos no quadro de servidores da União.

Texto: Marco Aurélio Anconi
Fonte: Decom

A Procuradoria Geral do Estado de Rondônia (PGE), por meio de pareceres e farta documentação, apresentados à Advocacia Geral da União (AGU), comprova que não houve quebra do vínculo empregatício, quando da reintegração dos demitidos durante o governo de José de Abreu Bianco.

Os documentos e pareceres esclarecendo os últimos questionamentos sobre a transposição dos funcionários do estado de Rondônia, para o quadro federal, foram encaminhados, nesta quarta-feira (15), em reunião realizada na Casa Civil, em Brasília, com o chefe de gabinete, Leones Dall'Agnol, onde se buscou marcar uma audiência com a Ministra Chefe da Casa Civil, Gleisi Helena Hoffmann, a fim de dar celeridade ao processo da transposição.

Com a apresentação, via protocolo na Advocacia Geral da União (AGU), do documento contendo mais de 30 laudas, emitido pela Procuradoria Geral do Estado de Rondônia (PGE) em que, por meio de pareceres e farta documentação, comprova que não houve quebra do vínculo empregatício, quando da reintegração, pela lei 1.196 de 09 de abril de 2003, dos demitidos pelo decreto 8.954 de 17 de janeiro de 2000, durante o governo de José de Abreu Bianco.

O procurador da PGE, Luciano Alves, juntamente com os também procuradores Elder Guarnieri e André Barros, formularam o documento comprobatório que elimina mais este entrave ao andamento da transposição. A reunião pleiteada para o início de fevereiro com a ministra Gleisi Hoffmann, segundo Luciano, “tem como objetivo colocar todos os envolvidos no processo em uma mesma sala e zerar as pendências para, enfim, concluirmos esse longo processo que envolve esse contingente enorme de servidores”, conclui.

O levantamento histórico mostra que, ao demitir compulsoriamente os quase 10.000 servidores, o então governador do Estado, provocou dezenas de ações perante o Poder Judiciário. Em Mandado de Segurança, embora tenha considerado legal o ato exonerativo do governo, o Superior Tribunal de Justiça (STJ), fixou indenização de 01 (um) mês de remuneração por ano de efetivo exercício da função, a ser paga aos demitidos.

Complementando, o Advogado Domingos Borges da Silva diz que essa decisão poria fim nos litígios decorrentes das demissões. Entretanto, o que seria ato acertado da administração pública, ensejaria outro que dava um alento aos servidores. Através da Lei estadual nº 1.196, o estado de Rondônia, fez instituir direito valido aos demitidos a partir de sua edição, cujo poderia ser exercido através de “Acordo”, para “Reintegração” aos quadros efetivos da administração pública estadual.

Até hoje, dos quase 10.000 funcionários contratados até 1981, quando Rondônia ainda era Território Federal, 9.500 já estão aptos a serem inseridos no quadro de servidores da União, via transposição. Desses, 33 foram já foram transpostos, assim como 433 policiais militares, por via judicial.

Participaram da reunião, além do chefe de gabinete da Casa Civil, Leones Dall'Agnol, e dos procuradores Elder Guarnieri e André Barros, da PGE, a deputada federal Marinha Raupp e vários representantes de sindicatos ligados aos servidores a serem transpostos.

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Avatar de WANDERLEY DE ALTO ALEGRE

Postado por WANDERLEY DE ALTO ALEGRE em 20/01/2014 às 12:55

CLARO - ENTENDO QUE QUEM NÃO TEM SEUS DIREITOS RESPEITADOS , É LÓGICO QUE DEVE BUSCAR A JUSTIÇA. NÃO DEVEMOS BUSCAR OUTRO ÓRGÃO! A COISA TÁ TÃO BANALISADA E TÃO DESGASTADA QUE ME DIGA COM SINCERIDADE QUEM ACREDITA NESSA INERTE JUSTIÇA? É BOM LEMBRAR QUE NÃO ESTAMOS NO CANADÁ, NA FRANÇA, NA AUSTRÁLIA etc. Os Governos , as Empresas sabem disso e são os primeiros a estimularem a buscá-la. Vamos ser sincero se nossa JUSTIÇA funcionasse quando alguém era ameaçado em recorrer a esse LENTO poder era pra justamente ser ao contrário, ficar preocupado com as consequências, e não fica, é a mesma coisa da Polícia APREENDER um menor de idade , ele tira sarro na cara do policial e diz que em seguida estará solto , e estará, só para exemplificar. Governo não cumprem as Leis e o remédio do pobre cidadão é buscar a tal "JUSTIÇA" ou será "INJUSTIÇA", assim disse (RUI BARBOSA), " Justiça tardia é injustiça". Esse povo da TRANSPOSIÇÃO, quem não alcançou ' SESSENTINHA", tá chegando lá , tem mais tempo pra esperar? Só se usar o dinheiro para pagar ASILO ou custear o FUNERAL. kkkkkk.....como diz O DATENA me ajuda aí.......

200.96.190.186
Avatar de GERALDO

Postado por GERALDO em 17/01/2014 às 18:07

Meu cara ,Abdias..vamos aguardar ate fevereiro,caso nós não tenha sido incluido na folha da união,vamos ingressar na justiça,com mandado de segurança,so assim teremos nossos direito respeitado...

177.5.213.163
Avatar de GERALDO

Postado por GERALDO em 17/01/2014 às 17:44

Materia mentirosa, primeiro porque os servidores,que a materia se refere e ate 15/03/1987..e outra mentira os 33 servidores não foram transposto coisa neuma,apenas fizeram a publicação no D.O.U,isso em 24/10/2013,e ate presente data não estão incluso na folha da união...a pessoalzinho para gostar de mentir..e enganar...

177.5.213.163
Avatar de ABDIAS

Postado por ABDIAS em 17/01/2014 às 07:58

MUITO BOM OS AVANÇO; MAIS QUANDO REALMENTE, IRAR, ACONTECER A TÃO SONHADA TRANSPOSIÇÃO, DOS 33 SERVIDORES JÁ PÚBLICADOS NO DOE DA UNIÃO. E DOS DEMAIS COLEGAS QUE ESTÃO NESSE IMPASSE.

187.7.196.145

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 30/01/2015 ás 22:30:00

Porto Velho: continuam as mentiras

Professor Nazareno*

GERAL | matéria escrita em 30/01/2015 ás 22:28:00

Governo recebe licença ambiental do novo Espaço Alternativo em Porto Velho

O governador destacou que se trata da obra mais bonita de Porto Velho e que a paralisação é prejudicial à população.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 30/01/2015 ás 22:22:00

Desembargadores mantêm condenação de Cahulla

Ex-governador usou carro e seguranças do Estado para ir à pescaria com amigos. A brincadeira acabou em tragédia.

GERAL | matéria escrita em 30/01/2015 ás 12:13:00

Sessões plenárias do TCE serão retomadas nesta terça-feira

Todas as pautas são publicadas no Diário Oficial eletrônico da Corte e disponibilizadas, em sua íntegra, no portal do Tribunal de Contas.

GERAL | matéria escrita em 30/01/2015 ás 12:08:00

Justiça condena Caixa a voltar a pagar gratificação em salário de bancária

A ação foi ajuizada e conduzida pela assessoria jurídica do Sindicato dos Bancários e Trabalhadores do Ramo Financeiro de Rondônia – SEEB/RO.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:55:00

Michel Temer apoia OAB pela sanção dos honorários da advocacia pública

O projeto encontra-se no Senado para sua redação final e será enviado nos próximos dias à presidência da República para sanção.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:50:00

Sanção do novo Código de Processo Civil pode ficar para março

As novas regras processuais entram em vigor um ano após a publicação da lei.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:46:00

Fim do "auto de resistência" é defendido por ONG de direitos humanos

As normas atuais previstas no Código de Processo Penal (Decreto-Lei 3.689/1941) permitem o uso de quaisquer meios necessários para que o policial se defenda ou vença resistências.

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:43:00

MPF/RO não envia e-mails com intimação

Ministério Público Federal alerta que ao clicar em links contidos no e-mail, um programa invade o computador do usuário e capturar dados, como senhas de contas bancárias e cartões de crédito

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:36:00

DER contratará 370 servidores em regime emergencial

As inscrições ficam abertas até 6 de fevereiro e podem realizadas pela internet.

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:34:00

Auditoria do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) interdita Lavanderia que presta serviço para Governo e Prefeitura

Os auditores do MTE, em vistorias realizadas nos dias 23 e 26/01 , constataram situações de grave e de iminente risco aos profissionais da lavanderia.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:30:00

Justiça reverte justa causa de empregado por suposta incitação a greve no Facebook

O assistente de produtos disse que foi demitido em 2012 por ter se insurgido, durante uma reunião, contra o início da jornada às 12h aos domingos.

POLíTICA | matéria escrita em 29/01/2015 ás 16:00:00

Deputado culpa Sobrinho e Nazif pelo título de uma das piores cidades do Brasil

Os itens que mais pesaram na péssima classificação de Porto Velho foram desenvolvimento, bem estar, qualidade de domicílios, educação e segurança.

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 14:34:00

Especialistas descartam repetição de cheia catastrófica no rio Madeira

A coordenadora de Operações do Centro Regional do Sipam em Porto Velho, cientista Ana Cristina Strava Corrêa, admitiu terça-feira (26) a possibilidade de nova enchente do rio Madeira...

GERAL | matéria escrita em 29/01/2015 ás 14:30:00

Prefeitura de Porto Velho retira famílias de áreas isoladas na zona rural de Abunã

De acordo com o secretário, a retirada das famílias faz parte da ação preventiva dentro do plano de contingência da prefeitura para atender as comunidades impactadas.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2014 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com