06/01/2017 - 08h43min - Atualizado em 06/01/2017 - 08h43min

Prefeito mantém gratificações das secretarias que serão extintas

Vereadores aprovaram projeto que irá reduzir a estrutura municipal, cortar gastos e aumentar eficiência.

Por unanimidade a Câmara de Vereadores aprovou já na início da noite de quinta-feira (5) o projeto de reforma administrativa proposto pelo prefeito dr Hildon Chaves. A aprovação do projeto foi possível após longas e intensas negociações que duraram boa parte da manhã e que reuniu o prefeito dr Hildon Chaves, um grupo de vereadores, o procurador geral do município, José Luiz Storer Junior e o secretário adjunto da administração municipal, Ambrózio Reis. A proposta aguardava pela votação pela Câmara Municipal desde o início da semana.

A Reforma Administrativa é o pilar das 12 prioridades anunciadas pelo prefeito dr Hildon em seu discurso de posse, no dia 1º de janeiro. A proposta visa reduzir despesas, deixa a estrutura mais enxuta e funcional e, no projeto original tinha como ponto principal a redução de 21 para 12 o número de secretarias, porém, após ponderações de vereadores, foram mantidas as secretarias da Agricultura e a de Esportes, ficando ao final 14 secretarias, incluindo ainda a criação da Supel (Superintendência de Licitações), que centralizará todos os processos licitatórios do município, além da criação da Ouvidoria e da Corregedoria como instrumentos de fiscalização da administração municipal.

O ponto divergente que estava emperrando o andamento da proposta na Câmara foi contornado após a concordância do dr Hildon em incorporar a Gratificação de Produção Especial (GPE), concedidas pela lei 391/2010, a cerca de 900 servidores de secretarias que foram extintas. Caso não houvesse o ajuste, esses servidores teriam perdas em seus vencimentos.

Dr Hildon concordou em atender a reivindicação defendida pelos vereadores, sobretudo em atenção “aos princípios constitucionais da segurança jurídica e da irredutibilidade de vencimentos”. Ao longo da manhã e início da tarde, até pouco antes do início da sessão na Câmara, estiveram na prefeitura os vereadores Junior Cavalcante, Ada Dantas, Marcelo Reis, Jair Montes, Elis Regina, Zequinha Araújo, Edwilson Negreiros e Jurandir Bangala.

 

Pronunciamentos

Os vereadores que usaram a tribuna da Câmara também foram unânimes ao enaltecerem a postura do dr Hildon Chaves quanto ao enxugamento da máquina pública para torná-la menos onerosa e mais eficiente aos munícipes. Ainda destacaram a valorização dos servidores municipais ao incorporar a GPE nos seus vencimentos, fato que poderia se concretizar somente no prazo de cinco anos.

“Quero parabenizar o prefeito pela coragem de incorporar a GPE aos vencimentos dos servidores. O prefeito começou acertando”, disse a vereadora Elis Regina, presidente do Sindicato dos Servidores Público Municipais (Sindeprof).

Jair Montes acrescentou: “tiro o chapéu para o dr Hildon, que incorpora a gratificação a todos que têm direito. Um prefeito que vai destravar Porto Velho”. Para Jurandir Bengala, “o prefeito teve uma atitude brilhante ao manter a Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento (Semagric)”.

Outro que elogiou a postura do gestor municipal foi o vereador Júnior Cavalcante. “Dr Hildon não é contra o servidor, ele é um homem de bom coração”, declarou. José Rabelo da Silva (Jacaré), Da Silva e Edwilson Negreiros, dentre outros, ocuparam a tribuna para destacar a reforma administrativa e valorização dos servidores municipais.

Fonte: Texto e fotos Comdecom

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Avatar de CAETANO NETO

Postado por CAETANO NETO em 07/01/2017 às 09:11

As medidas, embora salutar sob o ponto de vista de ato político, o "enguxamento" da máquina pública é muito pouco ou quase quando se deparamos que Hildon não apresentou nada, absolutamente nada no que se refere a programa de governo nas áreas de saúde, educação, melhoria de ruas, geração de emprego e medidas para melhoria do trânsito caótico. O anúncio mais parece o ditado antigo "A montanha bradou expelir um monstro e veio um rato". É demagogia e esforço para convencer da grandiosidade de seus atos, quando na verdade, não foi nada menos do que hipocrisia política numa cidade de um bilhão e trezentos milhões de reais de arrecadação ano.

168.228.27.199

Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
GERAL | matéria escrita em 22/02/2017 ás 11:13:00

Após tentativa de censura a livros didáticos, prefeito e vereadores de Ariquemes são processados

Censuraram livros e estimularam a homofobia: Município de Ariquemes, o prefeito Thiago Flores e sete vereadores estão sendo processados pelo Ministério Público Federal (MPF) e Estadual (MP/RO) em uma ação civil pública.

POLíTICA | matéria escrita em 22/02/2017 ás 10:17:00

Dr Hildon Chaves diz que principal legado que deixará é gestão eficiente

Prefeito diz que encontrou estrutura organizacional "subsaariana" na prefeitura.

GERAL | matéria escrita em 22/02/2017 ás 10:12:00

Programa para fazer declaração do IR estará disponível nesta quinta-feira

A declaração é obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis superiores a R$ 28.559,70; quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil...

GERAL | matéria escrita em 22/02/2017 ás 10:11:00

Receita pedirá e-mail e número de celular na declaração de IR deste ano

A partir das 9h de amanhã (23), o programa de geração da declaração já poderá ser baixado pela internet e o envio será liberado a partir das 8h do dia 2 de março.

POLíTICA | matéria escrita em 22/02/2017 ás 09:34:00

Em Linhas Gerais-Gessi Taborda

Deixaram a cidade na margem do perigoso abismo.

POLíTICA | matéria escrita em 22/02/2017 ás 09:22:00

Câmara tipifica crime de exposição de fotos íntimas na internet

Para o autor do projeto, a Câmara está ajudando a fazer justiça com as mulheres que são violentadas com a divulgação de imagens de sua intimidade.

GERAL | matéria escrita em 22/02/2017 ás 09:19:00

Prefeitos do Cone Sul de Rondônia recebem recomendação do MPF/RO

Órgão orienta novos prefeitos a não cometerem atos ilícitos por inexperiência na gestão municipal.

POLíTICA | matéria escrita em 22/02/2017 ás 09:17:00

Deputado Lúcio Mosquini comemora suspensão da importação de café robusta

A importação de café do Vietnã poderia trazer graves prejuízos aos produttores rondonienses, além dos riscos sanitários.

POLíTICA | matéria escrita em 22/02/2017 ás 08:24:00

Vereador chama deputado estadual de preguiçoso e falastrão

Valdemir Caldas

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/02/2017 ás 08:22:00

Para Cármem Lúcia, todos os promovidos por merecimento devem mesmo merecer

Segundo a ministra, nas promoções por merecimento na magistratura brasileira, é preciso reduzir tanto quanto possível o voluntarismo – ou seja, a escolha de magistrados sem fundamento em critérios objetivos.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/02/2017 ás 08:20:00

Tribunal admite primeiro incidente de assunção de competência em recurso especial

O relator do recurso, ministro Marco Aurélio Bellizze, propôs a assunção de competência para que o caso seja julgado na Segunda Seção.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/02/2017 ás 08:17:00

2ª Turma: Compete à Justiça Federal julgar ação sobre licença-prêmio a juiz do Trabalho

No caso dos autos, um juiz do Trabalho vinculado ao Tribunal Regional do Trabalho da 9ª Região (PR) ajuizou a ação contra a União perante a Justiça Federal e fundamentou seu pedido de licença-prêmio com base na simetria entre a sua carreira...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/02/2017 ás 08:14:00

1ª Turma: ICMS com base reduzida não gera crédito

Segundo o tribunal de origem, está em jogo o regime de tributação favorecido às empresas prestadoras de serviço de transporte consistente na redução da base de cálculo para o percentual de 80%...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 22/02/2017 ás 08:13:00

2ª Turma rejeita recurso e determina abertura de ação penal contra Gleisi Hoffmann e ex-ministro Paulo Bernardo

A Turma recebeu denúncia em julgamento realizado em setembro do ano passado, a fim de investigar na possível destinação de R$ 1 milhão de origem ilegal para a campanha da senadora em 2010.

POLíTICA | matéria escrita em 22/02/2017 ás 08:05:00

Deputado Cleiton Roque disponibiliza R$ 45 mil para a Asejur

Veículo ajudará a Associação de Jovens e Estudantes Rondônia a acompanhar os jovens aprendizes.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2017 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com