/ GERAL /

00/00/0000 - 15h01min - Atualizado em 00/00/0000 - 15h01min

RONDÔNIA: SEDUC NEGA DESVIO DE RECURSOS DO FUNDEF

Seduc garante transparência com recursos do Fundef

O governo de Rondônia, por intermédio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em face de denúncia publicada na mídia impressa, esclarece que não são verdadeiras as informações prestadas pelo senhor Domingos Borges da Silva, alegando que a Secretaria teria supostamente desviado recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento e Valorização do Magistério (Fundef), por meio de contrato firmado com a empresa Rocha Segurança e Vigilância Ltda.

De acordo com a LDB ( Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), os valores empenhados pela Seduc para garantir a segurança das escolas da rede estadual, em contrato firmado com a empresa Rocha Segurança e Vigilância Ltda, encontra-se dentro do percentual estabelecido pelas normas da LDB, conforme mostram relatórios internos em poder da Seduc.

O secretário de Educação de Rondônia, professor Edinaldo da Silva Lustoza, diferente do que informou o denunciante, esclareceu que os números apresentados pelo veiculo de comunicação que deu espaço à “suposta denúncia” são contraditórios, afirmando que, a Rocha Segurança e Vigilância Ltda, atende a rede estadual de ensino com um total de 385 postos, conforme contrato n° 104/PGE/2006 celebrado entre a Seduc e a empresa Rocha Segurança e Vigilância Ltda.

Ainda sobre os postos atendidos pela empresa, Lustoza esclarece que “os postos de 24 horas equivale a um total de quatro vigilantes e o de 12 horas, correspondem a um total de dois vigilantes”, observou o secretário, lembrando que a denúncia confunde postos atendidos e números de vigilantes contratados pela empresa prestadora de serviços. “È impossível que um vigilante fique 24 horas num posto de serviço, contrariando até mesmo à legislação trabalhista em vigor”, esclareceu Lustoza.

Segundo a direção da Rocha Segurança e Vigilância Ltda, a empresa informa que possui hoje 1.076 vigilantes cadastrados no Sistema de Segurança e Vigilância Privada (SISEV), conforme revelam documentos da Polícia Federal.

Em relação aos valores citados na matéria, a Seduc esclarece que os mesmo estão abaixo da a tabela do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), órgão federal que regula os valores praticados em cada estados da Federação.

Diante das denúncias, a direção da empresa Rocha Segurança e Vigilância Ltda informou que já buscou reparos junto à Justiça, ao considerar que as informações são inverídicas.

Em relação às certidões negativas apresentadas pela Rocha Segurança e Vigilância Ltda, a direção alega que se encontra em dia junto à Receita Federal, INSS, FGTS, Prefeitura e Fisco Estadual, conforme mostram documentos apresentados pelos diretores.

O secretário Edinaldo Lustoza, por outro lado, informa ainda que, por intermédio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), garante que vai ajuizar ação contra o denunciante, por entender que o mesmo falta com a verdade, ao caluniar, difamar e injuriar o trabalho sério, transparente e ético desenvolvido pela Seduc em benefício da educação rondoniense.

comentários

COMENTÁRIOS


publicidade
GERAL | matéria escrita em 23/07/2014 ás 17:38:00

Cremero critica número de vagas abertas pela Sesau para a contratação de profissionais de diversas especialidades médicas

Segundo o presidente do Cremero, Rodrigo Almeida, há apenas uma vaga para as diversas especialidades médicas, que, na verdade, necessitam da contratação de vários profissionais.

POLíTICA | matéria escrita em 23/07/2014 ás 17:29:00

Responsabilidade Fiscal: Relatório do TCE mostra que prefeito de Ouro Preto cometeu dezenas de ilegalidades

O descalabro administrativo na administração municipal de Ouro Preto levou o TCE a determinar apuração da conduta do prefeito, Alex testoni.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/07/2014 ás 16:20:00

Projeto obriga candidato a informar eventual situação de 'ficha suja' na propaganda eleitoral

O autor acrescenta que, já nestas eleições, é possível ver candidatos pedindo votos embora tenham condenação por órgão judicial colegiado.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/07/2014 ás 16:17:00

Novas regras para processos trabalhistas entram em vigor em 60 dias

Entre outras medidas, a lei estabelece regras para a uniformização da jurisprudência no âmbito dos Tribunais Regionais do Trabalho, amplia o poder dos ministros relatores no TST...

GERAL | matéria escrita em 23/07/2014 ás 15:39:00

Associação eleitoreira dos Donadon é condenada a devolver quase R$ 700 mil aos cofres públicos

Segundo apurou o TCE, a fundação recebeu duas vezes pelos mesmos supostos serviços assistencialistas. Embolsou dinheiro federal repassado à Prefeitura de Vilhena e também do Estado.

POLíTICA | matéria escrita em 23/07/2014 ás 14:54:00

Juiz absolve deputada da acusação de propaganda eleitoral antecipada no Facebook

Segundo o juiz, "a propaganda eleitoral extemporânea se configura, segundo jurisprudência do Tribunal Superior Eleitoral, quando estas tem o propósito objetivo de angariar votos".

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/07/2014 ás 13:15:00

2ª Câmara Especial do TJRO mantém os direitos políticos suspensos de ex-parlamentar

Ele utilizou o trabalho de dois servidores custeados pela Assembleia Legislativa estadual em sua instituição particular,uma fundação asssistencialista que leva seu nome.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/07/2014 ás 10:27:00

Liminar obriga Ifro a aplicar nova prova de concurso para professor de Libras

No prazo de 60 dias, a Ifro deverá aplicar nova prova objetiva para o cargo de professor de Libras

GERAL | matéria escrita em 23/07/2014 ás 10:20:00

Mauro Nazif recebe representantes de agremiações para discutir sobre o desfile de carnaval

O primeiro tema a ser debatido foi quando a data do desfile, programada inicialmente para os dias 25, 26 e 27 de julho.

POLíTICA | matéria escrita em 23/07/2014 ás 10:21:00

Tiro no pé

Valdemir Caldas

POLíTICA | matéria escrita em 23/07/2014 ás 10:15:00

PAINEL POLÍTICO - ALAN ALEX

CEMADERON está sendo usada para fins eleitorais.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 23/07/2014 ás 10:04:00

União não pode confiscar recursos de RO destinados ao reparo de calamidades

A decisão foi tomada após o estado informar que a União realizou no início de julho lançamento de débitos no valor de R$ 6,3 milhões.

POLíTICA | matéria escrita em 23/07/2014 ás 09:51:00

Justiça manda tirar do ar página no Facebook com o perfil "Confúcio nunca mais"

Numa das imagens, o perfil mostra "o governador com um monte de coco na cabeça (sic), com a seguinte mensagem: Confúcio expressa no facebook o que tem na cabeça".

POLíTICA | matéria escrita em 22/07/2014 ás 16:28:00

Resenha política

Robson Oliveira

GERAL | matéria escrita em 22/07/2014 ás 16:25:00

Juiz determina 15 dias de detenção a ex-secretário por desobediência

Ele foi condenado a 15 dias de detenção, além de pagamento de 10 dias multa.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com