/ GERAL /

00/00/0000 - 15h01min - Atualizado em 00/00/0000 - 15h01min

RONDÔNIA: SEDUC NEGA DESVIO DE RECURSOS DO FUNDEF

Seduc garante transparência com recursos do Fundef

O governo de Rondônia, por intermédio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em face de denúncia publicada na mídia impressa, esclarece que não são verdadeiras as informações prestadas pelo senhor Domingos Borges da Silva, alegando que a Secretaria teria supostamente desviado recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento e Valorização do Magistério (Fundef), por meio de contrato firmado com a empresa Rocha Segurança e Vigilância Ltda.

De acordo com a LDB ( Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), os valores empenhados pela Seduc para garantir a segurança das escolas da rede estadual, em contrato firmado com a empresa Rocha Segurança e Vigilância Ltda, encontra-se dentro do percentual estabelecido pelas normas da LDB, conforme mostram relatórios internos em poder da Seduc.

O secretário de Educação de Rondônia, professor Edinaldo da Silva Lustoza, diferente do que informou o denunciante, esclareceu que os números apresentados pelo veiculo de comunicação que deu espaço à “suposta denúncia” são contraditórios, afirmando que, a Rocha Segurança e Vigilância Ltda, atende a rede estadual de ensino com um total de 385 postos, conforme contrato n° 104/PGE/2006 celebrado entre a Seduc e a empresa Rocha Segurança e Vigilância Ltda.

Ainda sobre os postos atendidos pela empresa, Lustoza esclarece que “os postos de 24 horas equivale a um total de quatro vigilantes e o de 12 horas, correspondem a um total de dois vigilantes”, observou o secretário, lembrando que a denúncia confunde postos atendidos e números de vigilantes contratados pela empresa prestadora de serviços. “È impossível que um vigilante fique 24 horas num posto de serviço, contrariando até mesmo à legislação trabalhista em vigor”, esclareceu Lustoza.

Segundo a direção da Rocha Segurança e Vigilância Ltda, a empresa informa que possui hoje 1.076 vigilantes cadastrados no Sistema de Segurança e Vigilância Privada (SISEV), conforme revelam documentos da Polícia Federal.

Em relação aos valores citados na matéria, a Seduc esclarece que os mesmo estão abaixo da a tabela do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), órgão federal que regula os valores praticados em cada estados da Federação.

Diante das denúncias, a direção da empresa Rocha Segurança e Vigilância Ltda informou que já buscou reparos junto à Justiça, ao considerar que as informações são inverídicas.

Em relação às certidões negativas apresentadas pela Rocha Segurança e Vigilância Ltda, a direção alega que se encontra em dia junto à Receita Federal, INSS, FGTS, Prefeitura e Fisco Estadual, conforme mostram documentos apresentados pelos diretores.

O secretário Edinaldo Lustoza, por outro lado, informa ainda que, por intermédio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), garante que vai ajuizar ação contra o denunciante, por entender que o mesmo falta com a verdade, ao caluniar, difamar e injuriar o trabalho sério, transparente e ético desenvolvido pela Seduc em benefício da educação rondoniense.

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 18:53:00

Advogados têm benefícios na Caixa Econômica via convênio com a OAB

Dentre as principais vantagens estão: linhas de crédito especiais para aquisição de imóveis, subsídios para equipar escritórios, cartão de crédito com certificação digital e programa de milhagem que poderá ser utilizada...

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 18:46:00

Prefeitura prossegue com remoção de árvores que entopem sistema de drenagem

No caso das Nações Unidas, falta a prefeitura retirar somente uma árvore que está localizada na direção da Rua Elias Gorayeb, no canteiro central da pista.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:30:00

Cássio Cunha Lima quer tornar crime violação de prerrogativas

De acordo com o presidente nacional da OAB, o projeto tipifica penalmente as violações de prerrogativas.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:27:00

CNJ decide pela remoção de magistrado

O presidente do CNJ, ministro Ricardo Lewandowski, reforçou a decisão ao considerar, no caso específico, a remoção como “o melhor remédio previsto pela legislação”.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:26:00

Auxiliar de limpeza que higienizava banheiros de supermercado receberá adicional de insalubridade

Admitida em março de 2007, a empregada limpava sanitários, recolhia o lixo, varria o piso e limpava a área administrativa. A partir de 2010, passou a trabalhar apenas no setor administrativo, limpando o vestiário feminino.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:23:00

Administração deve justificar proporcionalidade entre infração e sanção

Ao analisar o mandado de segurança impetrado pela defesa, a desembargadora convocada Marga Tessler, relatora, concluiu que os 33 anos de carreira pública do servidor deveriam ter sido considerados...

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:20:00

REs em causas de juizados especiais cíveis são admitidos apenas em situações excepcionais

O entendimento foi firmado no exame de três recursos extraordinários com agravo (AREs) da relatoria do ministro Teori Zavascki.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:12:00

Inscrições para o concurso público da Defensoria Pública encerram na segunda,30

As provas para ambos os cargos serão realizadas no dia 24 de maio em Porto Velho.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:03:00

Trabalhadores em educação do município aguardam resposta da Prefeitura até segunda-feira

Esse será o último prazo aprovado pela categoria para que a administração municipal responda se aceita ou não a contraproposta apresentada na rodada de negociações realizada na última segunda-feira.

POLíTICA | matéria escrita em 27/03/2015 ás 17:00:00

Empresários querem ajustes na revisão de lei do ICMS

Os empresários manifestaram preocupação com a possível retirada dos voos que atendem Ji-Paraná e região.

POLíTICA | matéria escrita em 27/03/2015 ás 16:55:00

Em Ji-Paraná, Maurão volta a cobrar fim de isenção fiscal a frigoríficos

Presidente da Assembleia se reúne com a imprensa e reforça críticas ao benefício tributário aos frigoríficos.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 16:52:00

Presidente da FEBRAFISCO esteve em Rondônia e reuniu-se com Técnicos Tributários

O Presidente aproveitou a oportunidade para mostrar que a tentativa de excluir cargos que pertencem à carreira fazendária, mas que não possuem a denominação de Auditor Fiscal, ocorre em vários Estados .

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 13:30:00

Em ação da ACV, Justiça condena concessionárias de veículos em 100 mil por propaganda enganosa

As concessionárias La Villette, Saga, LF Imports, Via Pinheiro, Porto Nissan, Sabenauto, Porto Renault e Autovema foram alvos de uma ação civil pública, impetrada em agosto de 2010, pela Associação Cidade Verde.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 27/03/2015 ás 12:10:00

Pai adotivo garantiu direito a salário-maternidade em Rondônia

Previdência social concedeu quatro de meses para convivência entre pai e filha.

GERAL | matéria escrita em 27/03/2015 ás 12:07:00

Assembleia apoia causa do autismo e promove audiência pública

Deputados debatem no dia 9 os direitos das pessoas que estão no espectro autista.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2012 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com