28/11/2016 - 13h44min - Atualizado em 28/11/2016 - 13h44min

Sociobiodiversidade tem potencial econômico e fortalece a conservação da natureza, diz técnica da Sedam

Feira é oportunidade para pequenos produtores mostrarem seus produtos.

Feira é oportunidade para pequenos produtores mostrarem seus produtos

Sociobiodiversidade, conceito que dá nome à feira que neste ano acontece pela segunda vez em Guajará-Mirim, a 330 quilômetros da capital de Porto Velho,comporta potencial econômico expressivo e fortalece a conservação da natureza, o que interessa à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), afirma a engenheira florestal Celi Arruda Lisboa, da Coordenadoria de Unidades de Conservação.

Rondônia tem as duas riquezas que moldam o conceito: expressiva biodiversidade (natureza em biomas diferenciados, destacando-se a Amazônia) e diversidade sociocultural (quilombolas, extrativistas, agricultores familiares e indígenas). A sociobiodiversidade é, explica Celi Arruda, a inter-relação entre estas riquezas, afirmando-se como uma política pública voltada ao fortalecimento das cadeias produtivas da floresta.

“Já se sabe que os produtos da floresta têm enorme potencial econômico. Empresas estão investindo em fármacos, cosméticos, alimentos.  Mas é preciso organização para explorar os produtos, mais investimentos e apoio”, diz Celi Arruda, lembrando que a Sedam é responsável por gerenciar 40 unidades de conservação em Rondônia, e em muitas delas podem ser desenvolvidas cadeias produtivas para geração de renda em benefício das comunidades que exploram a floresta.

Celi Arruda e outros técnicos da Sedam e Emater estiveram em linhas rurais de Nova Mamoré em dia anterior ao início da 2ª Feira da Sociobiodiversidade para divulgar o evento e falar sobre a importância da sociobiodiversidade. No distrito de Palmeiras, para agricultores da linha 21, ela alertou para que mantenham a integridade física do Parque Estadual de Guajará-Mirim, unidade que protege a nascente de vários rios.

Celi Arruda e outros técnicos da Sedam e Emater estiveram em linhas rurais de Nova Mamoré

Celi Arruda e outros técnicos da Sedam e Emater estiveram em linhas rurais de Nova Mamoré

“A feira é um instrumento interessante porque é uma oportunidade para o seringueiro trazer seu produto, o ribeirinho, o produtor rural e as próprias comunidades da cidade mostrarem o que elas fazem. De repente uma pessoa de fora chega, vê o que se produz e diz, olha, vamos melhorar o que você está produzindo”, diz Celi Arruda.

A engenheira florestal e técnicos da Emater, Sepog e Seagri querem fazer um movimento mais forte para ampliar investimento na sociobiodiversidade. “A Rondônia Rural Show é sucesso devido ao peso do agronegócio em nosso Estado, mas a sociobiodiversidade pode crescer, e Guajará-Mirim está bem representando, tem duas reservas extrativistas estaduais e uma federal, a Barreira das Antas, o Parque Estadual pode ser usado no turismo e pesquisa”, diz.

Há o entendimento por parte dos técnicos de que a Sedam tem a obrigação não apenas de proteger e gerenciar as unidades de conservação, mas também melhorar a qualidade de vida das comunidades que vivem nessas unidades. “Mesmo com investimento em proteção, a pressão sobre as reservas é grande, há muita invasão então temos de apoiar mais a sociobiodiversidade. Isso interessa à Sedam, porque promove uma ação econômica, fortalece a conservação da natureza, reduz o desmatamento”, afirma.

A Feira da Sociobiodiversidade de Guajará-Mirim é um desdobramento, segundo Celi Arruda, de uma política anterior no âmbito da Secretaria de Estado do Planejamento, Seplan.  “Havia um Núcleo de Arranjos Produtivos Locais e nele estava inserido a sociobiodiversidade da região de Guajará Mirim e de Nova Mamoré”, diz Celi Arruda.

 


Fonte
Texto: Mara Paraguassu
Fotos: Esio Mendes

Leia também:

comentários

COMENTÁRIOS


Envie Comentários utilizando sua conta do Facebook

publicidade
POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:41:00

Jesuíno Boabaid recebe denúncias de precariedade no 5º BPM

​Policiais reclamam das péssimas condições dos banheiros da instituição.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:26:00

Quero um emprego!

Por Professor Nazareno

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:21:00

​Tá igual cego em tiroteio

Gessi Taborda 

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:07:00

Irmãos ficam lesionados após golpes de facão durante desentendimento com vizinho na Zona Leste de Porto Velho

Os policiais mantiveram contato com o agressor que saiu de sua residência e confessou o que fez.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 10:06:00

Mãe e filha estavam em avião de empresário que caiu em Paraty

A mãe era professora de educação infantil e veio de Juína, no Mato Grosso, para visitar a filha em São Paulo. Carlos Alberto, segundo a nota do grupo Emiliano, as convidou para o fim de semana em Paraty

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:43:00

Homem é preso acusado de realizar vários furtos em lojas no Porto Velho Shopping

De acordo com com informações que constam no boletim de ocorrência, o suspeito havia feito vários furtos de relógios e óculos, e quando deixou a loja, funcionários o observaram pelas câmeras de segurança.

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:46:00

Policiais civis aposentados poderão atuar na Força Nacional de Segurança

Ainda segundo o edital, a colaboração voluntária poderá ser individual ou em grupo, em ambiente fechado ou aberto, a pé ou com emprego de viaturas, nos períodos diurno, noturno ou em revezamento de turnos e sempre sob supervisão permanente.

GERAL | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:44:00

Correios vão operar na área de telefonia móvel

No primeiro ano de operação, a empresa vai oferecer somente planos pré-pagos, chips e recargas, mas estuda a viabilidade da oferta de planos pós-pagos a partir de 2018.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:42:00

Filho de Teori Zavascki descarta, no momento, sabotagem em acidente aéreo

Em conversa por telefone com a Agência Brasil, o advogado contou que ficou sabendo da tragédia por meio do grupo da família no aplicativo de mensagens WhatsApp.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:40:00

Cármen Lúcia diz que ainda não analisou como ficará andamento da Lava Jato

Com a morte de um ministro, o Artigo 38 do Regimento Interno do Supremo prevê que os processos deverão ser herdados pelo juiz que ocupar a vaga.

POLíTICA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:37:00

Teori estava prestes a homologar delações de executivos da Odebrecht

Na sua última entrevista antes do acidente, no dia 19 de dezembro, Teori disse que iria trabalhar durante o recesso para analisar os depoimentos.

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:35:00

Morte do ministro Teori: Bombeiros resgatam mais dois corpos de avião que caiu em Paraty

O Ministério Público Federal e a Polícia Federal estão investigando o acidente.

RONDôNIA JURíDICO | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:23:00

Teori Zavascki foi ministro do STF por quatro anos

Teori Zavascki tinha 68 anos. Nasceu em 15 de agosto de 1948, em Faxinal dos Guedes (SC). Viúvo desde 2013, ele deixa três filhos.

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 09:00:00

Foragido da justiça é preso após furtar motocicleta

Ele saiu empurrando a moto e foi seguido por populares até a Avenida Jorge Teixeira, em frente a Rodoviária.

POLíCIA | matéria escrita em 20/01/2017 ás 08:48:00

Homem é preso após roubar bolsa de mulher em parada de ônibus no centro de Porto Velho

De acordo com informações que a vítima passou aos policiais, ela estava sentada aguardando o ônibus quando o suspeito sentou ao seu lado e com uma faca fez ameaças para que ela entregasse a bolsa.

publicidade
publicidade
© Tudo Rondônia 2005-2016 web site jornalístico - todos os direitos reservados
Editor responsável: Rubens Coutinho/ Registro Profissional 192 DRT/RO
Redação e administração: Avenida Calama com Lauro Sodré, 1118 - Salas 305 e 306 - Bairro Olaria - Porto Velho, Rondônia - CEP 76801-276 MSN/e-mail: tudorondonia@gmail.com